Voltar

IGAC divulga o projeto Mostra de Autores Desconhecidos nos estabelecimentos prisionais, com o CIEJD

Visando promover o projeto de responsabilidade social “Mostra de Autores Desconhecidos", desenvolvido pela IGAC, nesta 2ª edição, em estreita colaboração com a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP), e contando ainda com o apoio do CIEJD- Centro de Informação Europeia Jacques Delors, encontra-se a decorrer, no presente mês de outubro, um conjunto de sessões de dinamização do referido concurso.

Esta atividade formativa teve inicio no dia 1 e até dia 22 percorrerá 13 estabelecimentos prisionais, de norte a sul do país, destinando-se a todos os reclusos e reclusas que frequentam o ensino prisional e que demonstrem interesse pela iniciativa. Duas oradoras: Dra. Célia Morgado - CEIJD e Dra. Paula Hipólito - IGAC, debruçam-se sobre os temas: União Europeia - suas origens, evolução e direitos dos cidadãos europeus e A natureza da criação intelectual, os direitos de autor e os direitos conexos e, como é óbvio, sobre o Concurso ainda em fase de inscrições.

As plateias jovens e interessadas, com uma média de cerca 50/60 reclusos, mostraram-se recetivas e interpelativas ao longo das exposições.
De destacar o enfoque feito pela Subinspetora-geral da IGAC sobre a Criação como forma de liberdade e como alternativa de novo rumo para a vida de todos e de cada um dos presentes.

Opinião unânime dos responsáveis dos estabelecimentos prisionais foi a da notória importância deste tipo de ações junto da comunidade prisional, como forma de abrir os seus horizontes e de criar novos interesses, sublinhando ainda a importância que os reclusos atribuem à realização de visitas do exterior como sinal de interesse e de preocupação por aqueles que se encontram a cumprir pena privativa de liberdade.


A 2ª edição do concurso Mostra de Autores Desconhecidos, sob o mote “Desenvolvimento: Faz a diferença e liberta uma ideia” é uma iniciativa conjunta da Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC), da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP), enquanto entidade coordenadora Plano Nacional de Reabilitação e Reinserção 2013-2015, e conta com o apoio do DNS.PT, responsável pelo registo do domínio Internet de topo .pt.

Os objetivos associados a esta edição, cuja fase de inscrição ocorre até 30 de outubro, são a promoção da inclusão social e cultural de homens e mulheres parte da população reclusa dos estabelecimentos prisionais nacionais; o aumento do conhecimento da criação artística e do valor da sua autoria e, a divulgação e reconhecimento dos trabalhos apresentados nas categorias a concurso