Fundos comunitários

 

Ciente da importância e premência da simplificação e agilização da relação com os seus clientes, a IGAC tem apostado em otimizar as oportunidades que surgem no âmbito dos quadros comunitários de apoio, como foi exemplo o QREN-SAMA, que possibilitou a melhoria significativa dos SI-TIC internos e externos, designadamente a desmaterialização de processos internos e aumento da eficiência dos sistemas de informação, de documentação, de gestão e de negócio, assim como na transformação e melhoria de canais de comunicação com os clientes, em que se incluem os serviços online previstos na Diretiva de Serviços.

 

Projetos com financiamento comunitário
 

 

Projetos com financiamento comunitário (Candidatura a fundos comunitários Portugal 2020)
Projeto nº POCI-02-0550-FEDER-012617: e@Autêntico

 

 

Apoio no âmbito da Prioridade de Investimento: PI 2.3 - O reforço das aplicações de TIC para a administração em linha, a aprendizagem em linha, a infoinclusão, a cultura em linha e a saúde em linha.

 

Designação do Projeto: e@Autentico - Estratégia integrada de combate à violação do direito de autor e dos direitos conexos

 

Data de aprovação: 2016/04/29

Data de início: 2016/12/20

Data de fim: 2020/12/30

Custo total: 518 033,81€

Custo total elegível: 501.433,81 €

Apoio financeiro da EU – FEDER: 285.566,55 €

Apoio financeiro público nacional: 232.467,26 €

Região de intervenção: Portugal

 

Síntese do Projeto:

O Projeto e@Autentico visa a criação de uma marca digital IGAC, de autenticação de conteúdos culturais, constituindo uma ferramenta de política cultural, nas vertentes de tutela e proteção da propriedade intelectual adequada à evolução dos conteúdos, da tecnologia e das estratégias de mercado dos sectores criativos e da atividade económica associada, pretende dar um novo impulso ao processo de modernização administrativa.

No que diz respeito ao impacto do projeto e efeitos na organização interna da IGAG a execução desta operação vai potenciar a integração, consistência, autenticação, certificação e fiabilidade da informação presente nos serviços disponibilizados pela IGAC, essenciais à sua adaptação às exigências do mercado e mudanças tecnológicas.

Projeto nº POCI-05-5762-FSE-000135: What’s Now

 

 

Apoio no âmbito da Prioridade de Investimento: PI 2.3 - O reforço das aplicações de TIC para a administração em linha, a aprendizagem em linha, a infoinclusão, a cultura em linha e a saúde em linha.

  

Data de aprovação: 2018/09/20

Data de início: 2019/02/01

Data de fim: 2020/04/30

Custo total: 828 653,38 €

Custo total elegível: 555 197,76 €

Apoio financeiro da EU – FSE: 471 918,10 €

Apoio financeiro público nacional: 356.735,28 €

Região de intervenção: Portugal

 

Síntese do Projeto:

O projeto enquadra-se na atividade de supervisão, fiscalização e monitorização na área do direito de autor e dos direitos conexos, da superintendência dos espetáculos de natureza artística, ao nível do funcionamento, promoção, verificação da justa retribuição dos autores, proteção e segurança do público consumidor, em particular, dos menores, classificação etária dos espetáculos e outras obras e conteúdos culturais, bem como, da verificação da existência das condições técnicas e de segurança nos recintos de espetáculos de natureza artística, tanto ao nível da construção como do funcionamento.

Pretende-se reforçar a eficácia deste eixo de missão da IGAC, facilitar as interações de partilha de informação com outras instituições públicas, privadas e com o consumidor, possibilitando uma maior cooperação com a IGAC no que respeita a esta importante componente da sua missão, aumentar a eficiência na utilização dos recursos e melhorar o processo decisório na definição de políticas públicas relacionadas com a economia cultural, tanto ao nível central como local.

Projeto nº POCI-05-5762-FSE-000388: IGAC 3.0

 

 

Apoio no âmbito da Prioridade de Investimento: PI 2.3 - O reforço das aplicações de TIC para a administração em linha, a aprendizagem em linha, a infoinclusão, a cultura em linha e a saúde em linha.

 

Data de aprovação: 2020/10/14

Data de início: 2020/09/01

Data de fim: 2022/08/30

Custo total: 960 180,00 €

Custo total elegível: 960 180,00 €

Apoio financeiro da EU – FSE: 816 153,00 €

Apoio financeiro público nacional: 144.027,00 €

 Região de intervenção: Norte

 

Síntese do Projeto:

A IGAC pretende dar continuidade ao seu plano de transformação digital, iniciado com o seu projeto SAMA “e@autentico”, onde foi elaborado o diagnóstico, conceção e especificação da solução tecnológica global a adotar e do projeto SAMA, “Whats Now”, onde estão a ser elaborados desenvolvimentos desta mesma solução, contemplando parte dos serviços e processos e o reforço da infraestrutura.

 

O projeto IGAC 3.0 pretende continuar a implementação desta solução, focando os seus esforços num piloto de simplificação administrativa assente em duas vertentes:

  • um novo modelo de serviço, focado nos serviços online -por autosserviço ou por atendimento assistido nos Espaços Cidadão e IGAC, disponibilizando os serviços no ePortugal.gov.pt;
  • na desmaterialização dos procedimentos e fluxos de informação associados, aplicando o princípio de “digital por omissão”, na tramitação de processos internamente na IGAC, com o cidadão e empresas e com os organismos com os quais se relaciona no âmbito das suas competências, tais como Municípios (mera comunicação prévia sobre espetáculos de natureza artística) e Autoridades Judiciárias e Órgãos da Polícia Criminal (ações inspetivas, contraordenações, etc.).

O piloto irá ser aplicado à Área Metropolitana do Porto, beneficiando cidadãos, empresas e organismos dos seus 18 Municípios, bem como os próprios Municípios.